Skip to main content

Para se manter lucrativo, relevante e competitivo, todo negócio deve dar atenção especial ao uso do dinheiro em seu cotidiano. É para atender a essa tarefa que existe a gestão financeira, uma das etapas mais importantes para o gerenciamento de uma empresa.

Quem busca maior eficiência nessa tarefa precisa saber que a tecnologia pode ajudar muito ao gerar mais informações e basear a tomada de melhores decisões. Portanto, a aplicação de soluções inovadoras na gestão financeira pode gerar resultados diferenciados.

Neste artigo, você aprenderá como a tecnologia afeta positivamente a gestão financeira e o que fazer para adotá-la no seu empreendimento. Confira!

O que é a gestão financeira no negócio?

Controlar o faturamento, definir a margem de lucro e administrar as contas a pagar são exemplos de tarefas ligadas ao cuidado com o dinheiro de uma empresa. Porém, a atuação deve ser muito mais estratégica, completa e integrada, o que é garantido pela gestão financeira.

Esse tipo de gerenciamento reúne todas as etapas e os procedimentos que são necessários para planejar, aplicar, medir, controlar e otimizar o uso dos recursos financeiros no negócio. Ela deve ser aplicada a empresas de todos os tamanhos e setores.

Um restaurante, por exemplo, precisa garantir uma gestão financeira eficiente tanto quanto uma rede de farmácias ou um posto de combustíveis. E a manutenção — ou ausência — de um bom processo de gerenciamento financeiro pode ser decisivo para a longevidade da empresa.

Quais as consequências de uma má gestão financeira?

Não cuidar corretamente do dinheiro do negócio traz sérias consequências tanto para a sua atuação no presente quanto para a continuidade do negócio. Sem uma abordagem estratégica e adequada, os recursos são mal aproveitados e as finanças podem se tornar um problema.

É um cenário que pode representar, por exemplo, um aumento significativo nos gastos, devido a gargalos financeiros não identificados. Isso pode resultar em redução na lucratividade das operações, o que faz com que o desempenho da empresa seja prejudicado.

Além disso, a falta de gestão financeira aumenta as chances de desperdícios e até mesmo de cobranças indevidas. Na relação com adquirentes dos pagamentos digitais, pode acontecer de taxas serem cobradas indevidamente e de valores serem retidos, por exemplo. 

Sem o gerenciamento, o dinheiro não é recuperado. Percebeu como, na prática, a falta de atenção às questões financeiras pode colocar a continuidade do negócio em risco? Afinal, é preciso ter quantias disponíveis para manter a empresa em funcionamento e expansão.

Com problemas financeiros, o negócio dispõe de menos condições para investir em melhorias e pode perder competitividade. Em um cenário tão dinâmico e acelerado, isso pode comprometer a viabilidade de mercado.

Qual é o papel da tecnologia em gestão financeira?

Ao mesmo tempo, é importante estar ciente de que a gestão financeira pode ser complexa e exigir um alto nível de dedicação. Até pequenas e médias empresas podem se ver diante de um grande volume de informações, processos e exigências.

Assim, a tecnologia financeira surge como uma solução para lidar com essas demandas, ao passo em que ajuda a estruturar o gerenciamento das finanças. A ideia é automatizar tarefas repetitivas, tornando-as mais ágeis e mais confiáveis, já que diminui os erros.

Adotar os recursos de tecnologia também é útil para centralizar as informações, o que melhora a visibilidade quanto à situação financeira do negócio. Essas questões podem auxiliar a tomada de decisões, que se tornam mais estratégicas e alinhadas.

Logo, a tecnologia permite que a gestão financeira seja eficiente e atenda melhor aos interesses do empreendimento. Isso agrega valor e pode gerar um nível maior de competitividade. Desse modo, todas as áreas do negócio — impactadas pelo setor financeiro — podem ser favorecidas.

Por que se preparar para a Era digital nos negócios?

Embora a tecnologia na gestão financeira seja importante, ela não deve ser adotada de maneira isolada. Selecionar um recurso para cuidar de somente um processo, por exemplo, não entregará os resultados esperados.

É por isso que a sua empresa deve estar preparada para a chamada transformação digital. Ela consiste em uma mudança estrutural para realmente incorporar a utilização de tecnologia como parte do cotidiano.

A intenção é garantir que todos os setores atuem de forma integrada, em busca de um desempenho que seja consistente por meio do uso de tecnologia. Naturalmente, uma mudança tão ampla envolve a gestão financeira, que é um dos pilares empresariais.

Com uma preparação adequada para a Era digital, é possível não apenas aproveitar os benefícios da tecnologia, como se manter relevante e em crescimento no mercado. Com tanta integração, o fluxo de informações é mais efetivo, o que reforça o apoio à tomada de decisão.

Tudo isso serve para você entender que a tecnologia financeira é importante, mas como uma peça de uma configuração maior. A partir da implementação desse tipo de solução, sua empresa pode se preparar para uma transformação mais profunda e que trará ainda mais resultados positivos no longo prazo.

Como incorporar a tecnologia para gestão financeira nas empresas?

Agora que você entende a importância de incluir a tecnologia no gerenciamento das finanças, é o momento de saber como isso deve acontecer. Na prática, significa conhecer quais são as soluções que podem ajudar.

Uma das alternativas consiste em buscar recursos de conciliação financeira e bancária. É uma forma de conferir os pagamentos de cartões em relação ao que foi recebido. Assim, é possível identificar taxas e serviços não contratados, por exemplo.

Também é interessante contar com alternativas ligadas à terceirização das atividades financeiras, conhecido como Business Process Outsourcing (BPO) do setor.

Dessa maneira, é possível dedicar mais tempo à atividade-fim do negócio, enquanto uma equipe qualificada fornece as informações necessárias para a contabilidade.

Ainda, é oportuno usar a tecnologia para fazer um diagnóstico das finanças e apoiar uma consultoria financeira. Assim, fica mais fácil identificar gargalos e encontrar oportunidades de melhoria — como a negociação de condições melhores junto às operadoras de cartão, por exemplo.

Além disso, como você viu, a tecnologia ajuda na identificação de cobranças indevidas, gerando dados que podem levar a uma recuperação retroativa de valores para o caixa do seu negócio.

Para ter acesso a esses benefícios, você pode contar com o apoio de uma fintech especializada em gestão financeira. A Gold Soluções oferece todos esses serviços, além de integração com as principais adquirentes do mercado, o que permite ajudar seu empreendimento de forma ainda mais efetiva.

Como foi possível perceber, a tecnologia já faz parte das empresas e tem um importante papel na boa gestão financeira. Por meio dela, há como atuar de modo mais estratégico e relevante, o que ajuda na competitividade do empreendimento.

Quer conhecer como a Gold Soluções pode ajudar seu negócio? Converse com um de nossos especialistas e saiba mais sobre o que oferecemos!