Skip to main content

Assim como diversas atividades do dia a dia tornaram-se digitais, os meios de pagamentos também não ficam de fora dessa tendência. O dinheiro em espécie cai, cada vez mais, em desuso — e as empresas devem estar preparadas para receber usando diferentes alternativas do mercado.

Afinal, quem deseja manter e aumentar suas vendas precisa facilitar a compra pelos clientes. Nesse cenário, é recomendado que os gestores estejam atentos a essas mudanças para adequar seu negócio com às novidades. 

Quer entender como preparar sua empresa para os novos meios de pagamento? Acompanhe este artigo e saiba mais sobre essa questão que movimenta o mercado!

Como se deu o desenvolvimento dos meios de pagamento?

Não faz muito tempo que as pessoas tinham o costume de fazer o pagamento em dinheiro ou ainda em cheque. Aos poucos, os cartões de crédito e débito ganharam protagonismo no momento de pagar um produto ou serviço, trazendo praticidade para o consumidor e empresa.

Assim, ninguém precisa mais ter a carteira cheia ou enfrentar a fila em um caixa eletrônico para poder consumir. Os cartões, que passaram a ser chamados de dinheiro de plástico, foram incorporados à rotina da população. 

E eles se tornaram um meio mais seguro e versátil para as transações comerciais. Confira outras possibilidades atuais!

Cartões virtuais e por aproximação

Os cartões continuam passando por avanços relevantes e otimização de recursos. Por exemplo, a possibilidade de gerar o cartão online para as compras virtuais e ainda os cartões que funcionam por aproximação.

Popularidade do Pix

Além dos cartões, um meio que vem ganhando força e nos faz questionar sobre o futuro do dinheiro em espécie é o Pix. Com ele, as pessoas podem realizar pagamentos e transferências de forma automática e rápida. 

Além disso, diferentemente das operações de TED e DOC, o Pix pode ser feito 24 horas por dia e em qualquer dia da semana. Inclusive, entre contas de bancos diferentes.

Pagamentos dentro dos aplicativos

Com a ascensão de aplicativos como o iFood e Uber, outra forma de pagamento que despontou foi o in-app. Nela o cliente já faz o pagamento do serviço via dispositivo.

E, se o assunto é a versatilidade dos aplicativos, é preciso acrescentar a possibilidade de as empresas receberem também pelo WhatsApp, com o recurso WhatsApp Pay. Como se vê, a tecnologia evolui a passos rápidos na questão dos pagamentos.

Cada vez mais são desenvolvidas formas de trazer segurança e comodidade para os clientes. Logo, as pessoas passam a dar preferência para estabelecimentos que permitem um poder de escolha a respeito do meio de pagamento a ser utilizado.

Quais os novos meios de pagamento que surgiram?

Como você viu, meios mais práticos e tecnológicos começaram a surgir, modificando a forma como o consumidor realiza os pagamentos. Um ponto que também impulsionou o desenvolvimento desses recursos foi a pandemia de Covid-19, em 2020, que elevou as vendas online.

Além disso, mesmo nas compras presenciais, a possibilidade de pagar por aproximação também trouxe ganhos para esse período. Afinal, foi preciso evitar contatos para se proteger melhor de uma possível contaminação.

E se a ideia é não ter contato, outros meios de pagamento começaram a se popularizar. Um deles é o link para pagamento, que pode ser gerado por meio de uma carteira digital. Ele permite que as empresas, principalmente negócios de e-commerce, possam enviar esse link ao cliente. 

Com isso, é ele quem escolhe se quer pagar por cartão de débito, crédito, boleto ou transferência. Há ainda o pagamento por QR code, gerado via aplicativo, que também é emitido para o cliente fazer o pagamento. Nesse caso, ele pode pagar utilizando uma carteira virtual.

Outros recursos que têm boas perspectivas de crescimento são os wearables ou dispositivos vestíveis. Aqui entram os smartwatches e pulseiras, que possibilitam ao cliente fazer o pagamento por aproximação.

Por fim, é preciso comentar sobre o pagamento realizado pelo celular com o cartão, mas confirmado com biometria por impressão digital ou leitura facial. Ele permite elevar ainda mais a segurança das operações financeiras. 

Por que os negócios devem acompanhar essa tendência?

Até aqui você conferiu como as formas de pagamentos estão se tornando mais ágeis, seguras e cômodas para o consumidor. Então deixar de receber por determinado meio pode fazer sua empresa perder uma venda.

É preciso considerar que os clientes se adaptam rapidamente a essas novas tecnologias e, com o ambiente digital, têm acesso a empresas de qualquer localidade. Logo, a concorrência aumentou para diferentes setores.

Nesse sentido, estar a par dessas novidades e se adaptar para receber por diferentes formas é indispensável. A tendência é que esse seja um ponto que pode atrair ou distanciar os clientes dos seus produtos e serviços. 

Como preparar suas operações para os novos meios de pagamento?

Apesar de ter em mente que uma abertura para novos meios de pagamento é um fator de atração de clientes, muitos empreendedores ficam receosos quanto aos custos das operações. Realmente, é preciso colocar no papel as despesas com cada formato aceito.

Todavia, apesar das taxas cobradas, não se deve para limitar a forma como as pessoas podem pagar. É preciso examinar cada alternativa e conhecer bem o seu público para saber quais são as mais utilizadas. Assim, é possível avaliar a compensação dos custos nas vendas. 

Além disso, um fator essencial é ter recursos para receber — e organizar — as diferentes formas de pagamento, o que exige a digitalização do seu setor financeiro segundo seu nicho de atuação. Desse modo, você pode receber pelos meios online sem transtornos.

Para isso, é importante ter um software financeiro que atenda a essas e outras necessidades. Com ele, além de estar pronto para a mudança no mercado, você consegue organizar os recebimentos e os prazos para que o dinheiro entre na conta da sua empresa. 

Logo, vale a pena contar com um sistema que permita um controle dessas receitas e que mostre o valor real que você tem a receber. Ou seja, considerando os descontos de cada opção. Com isso, torna-se viável construir um planejamento financeiro mais eficaz.

Viu como é importante que as empresas adaptem suas operações e se preparem para os novos meios de pagamento? Ampliar a forma como seu cliente pode pagar por seus produtos ou serviços é uma estratégia para se manter forte no mercado.Está na dúvida sobre como digitalizar os processos financeiros na sua empresa com segurança? Conheça as nossas soluções!