Skip to main content

Um bom gestor financeiro é essencial para a administração de um negócio. Ele é responsável pelo registro dos ativos e passivos, adequação de normas, cumprimento da legislação e da estratégia financeira da empresa.

Assim, ele precisa ter certas habilidades para que o seu trabalho seja realmente eficiente e ajude a empresa em suas obrigações. Você sabe quais são e como elas podem auxiliar a companhia a se desenvolver?

Neste conteúdo, você conhecerá a importância de um gestor financeiro e as 10 principais habilidades desse profissional. Acompanhe!

Qual é a importância de um bom gestor financeiro?

Um gestor financeiro, de forma geral, administra os recursos financeiros de uma empresa. Assim, ele é responsável por diversas áreas essenciais de um negócio, como o controle de fluxo de caixa e planejamento de orçamento.

Logo, entre suas tarefas estão a organização, a captação e a utilização de ativos da companhia. Ele também deve adotar estratégias para melhorar a saúde financeira e transpor crises momentâneas do negócio.

Desse modo, exerce um papel central em qualquer estabelecimento. Sem um gestor financeiro, ela não consegue ter controle das finanças e conhecer realmente sua situação. Isso pode acarretar consequências graves, como o endividamento e até mesmo a falência.

Quais são as 10 principais habilidades desse profissional?

Depois de conhecer o que faz um gestor financeiro e sua importância na empresa, é preciso entender suas principais habilidades. Com elas, será possível fazer um bom trabalho e trazer benefícios para todos os envolvidos. 

Confira!

1. Conhecimento das leis empresariais

A primeira habilidade principal de um gestor financeiro é o conhecimento de leis empresariais. Cumpri-las é fundamental para não ter problemas com fiscalização e multas, além de ser um indicativo de boa governança.

Nesse sentido, a administração financeira de uma empresa tem diversas obrigações, como apresentação de documentos fiscais. Ademais, manter as contas em dia com essas normas traz mais transparência ao negócio.

2. Respeito à ética profissional

A ética profissional é outra habilidade fundamental do gestor financeiro. Assim, ele deve se pautar por valores bem definidos e sempre seguir a missão e parâmetros da empresa. Por se tratar de questões financeiras, isso é ainda mais relevante.

O gestor nunca pode usar o seu cargo e suas informações para conseguir vantagens ilícitas, seja para si ou para a empresa. É preciso manter uma administração objetiva e visando sempre o fim empresarial, nunca pessoal.

3. Compreensão das exigências fiscais

Além do conhecimento da legislação empresarial e da ética, mais uma habilidade que o gestor financeiro deve ter diz respeito às exigências fiscais. Ou seja, às regras que tratam do pagamento de taxas, contribuições e tributos.

Esses passivos são uma parte importante da administração da empresa. Então é preciso conhecer as normas sobre regime tributário, bases de cálculo e alíquotas aplicadas. Assim, a companhia cumpre suas obrigações e conta com planejamento orçamentário eficiente.

4. Visão estratégica

Um gestor financeiro também precisa ter uma visão estratégica em relação aos rumos da empresa. Isso significa que não basta cumprir obrigações e organizar as finanças, é essencial ter um plano de futuro e entender as consequências de cada decisão.

Isso faz com que o gestor tenha uma atuação mais ativa nos rumos da empresa. Com essa visão ele poderá se antecipar a problemas, montar uma reserva para emergências e ter mais participação na expansão do empreendimento, por exemplo.

5. Incentivo a auditorias

Fazer auditorias nas finanças da empresa é muito importante para encontrar inconsistências e adequar práticas. Mesmo que o gestor atue de forma ativa e controlada, é comum que alguns equívocos passem.

Por isso, o profissional deve sempre incentivar auditorias nas contas e fiscalizações internas periódicas. Essa atitude evita que os equívocos se tornem grandes problemas a longo prazo e afetem consideravelmente a saúde financeira do negócio.

6. Foco em liderança

Um bom gestor financeiro também deve ser um bom líder. Devido à grande quantidade de tarefas, o trabalho de gestão não costuma ser feito individualmente. Manter o time focado e em constante evolução exige comprometimento e participação em todos os processos.

Logo, é preciso transmitir confiança, elogiar o bom trabalho feito e saber corrigir casos de problemas na rotina. Trabalhando com a equipe, o gestor poderá acompanhar e melhorar constantemente os procedimentos realizados.

7. Bom relacionamento interpessoal

Uma liderança de qualidade também diz respeito ao relacionamento interpessoal. Como você percebeu, o trabalho de gestão financeira não é feito individualmente, portanto é preciso conseguir trabalhar com pessoas.

Além disso, há a necessidade de relacionamento com outros setores da empresa e, até mesmo, terceiros. Por isso, é fundamental ser acessível e ter uma imagem positiva, para que não haja problemas de comunicação e atendimento a solicitações.

8. Inteligência emocional

A gestão financeira envolve lidar com diversas pressões. Afinal, não é fácil gerir o dinheiro de uma companhia. O trabalho acarreta consequências e é fundamental para a empresa, então é preciso saber lidar com cobranças e responsabilidades no negócio.

Nesse cenário, a inteligência emocional é uma habilidade muito importante para os gestores. Conseguir trabalhar com essas condições e ultrapassar obstáculos na administração de finanças é uma qualidade que deve ser desenvolvida.

9. Habilidades matemáticas

Um bom gestor financeiro também precisa ter habilidades matemáticas. Isso não significa que ele deve saber fórmulas decoradas. No entanto, saber como funcionam os cálculos relacionados ao trabalho e como utilizar ferramentas e solucionar situações é fundamental.

Esses conhecimentos e habilidades agilizam os procedimentos e trazem mais eficiência para o gestor. Com o avanço da tecnologia, essas habilidades também se relacionam com a pesquisa e o uso de recursos para o setor.

10. Percepção da necessidade de soluções completas

Por fim, uma das habilidades mais importantes de um bom gestor é saber da necessidade de adotar soluções completas para otimizar os procedimentos da companhia. Dessa maneira, ele poderá padronizar as práticas, criar uma base de dados e trazer mais eficiência ao setor.

Essa habilidade, na verdade, traz vantagens para toda a empresa. Afinal, o setor financeiro otimizado influencia nos resultados gerais. Com mais eficiência nessa área, será mais fácil conduzir a rotina de outras áreas — desde a compra de insumos até a captação de novos clientes.

Agora você já conhece 10 habilidades essenciais para um bom gestor financeiro. Lembre-se de que o profissional deve ser sempre auxiliado por soluções tecnológicas voltadas para a empresa. Assim, será possível automatizar procedimentos e potencializar os resultados.

Ficou interessado em ferramentas para auxiliar a gestão das finanças do seu negócio? Então entre em contato com a Gold Soluções!